Blog5.png

Novembro: mês da Solidariedade



No mês de Novembro, vamos acolher a história de Maha Mamo, que vem marcar presença na Ciranda do Cuidado, trazendo a questão dos refugiados e suas vulnerabilidades.


"Nasci no Líbano, sem ser libanesa, filha de sírios, sem poder ser síria. Meu nome é Maha Mamo, sou filha de mãe muçulmana e pai cristão."


"Na Síria, a união de casais de religiões diferentes é proibida. Apaixonados, meus pais fugiram para o Líbano (...). Eu e meus irmãos crescemos sem quaisquer documentos (...), na prática, significa não existir como cidadãos (...)".


"Em 4 de outubro de 2018, tornei-me uma cidadã brasileira, durante uma cerimônia do Comitê Executivo do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), em Genebra, na Suíça."


"Hoje sou cidadã do Brasil, mas até pouco tempo atrás eu era uma apátrida, ou seja, alguém que não tem qualquer tipo de vínculo a uma nacionalidade (...)".


"A minha missão de vida hoje é ajudar os apátridas do mundo, conseguir compartilhar e aumentar a conscientização sobre o tema dessas pessoas, por meio de minha história."


"Todo mundo tem direito de ter uma pátria, de ter uma identidade."



Blog4.png
Blog3.png