Blog5.png

A invisibilidade indígena na pandemia

Atualizado: Abr 12

Durante o mês de fevereiro, somos convidados a voltar o nosso olhar para as populações indígenas e a adotarmos posturas de convivência




De acordo com dados divulgados pelo Comitê Nacional pela Vida Memória Indígena, criado pela Apib (Articulação dos Povos Indígenas no Brasil), até dezembro de 2020, a pandemia da covid-19 havia causado a morte de 889 indígenas e a contaminação de 41.250 integrantes dos povos originários habitantes do Brasil. A taxa de mortalidade entre a população indígena era 16% superior à mortalidade geral no Brasil. “A pandemia teve um impacto devastador nos povos indígenas. Não são apenas vidas, são memórias, lideranças com um histórico de luta pelos direitos de seus povos e de sua existência”, disse Dinamam Tuxá, membro do povo Tuxá à DW Brasil.


Diante de tudo isso, reflitamos que posturas podemos adotar para inserir a população indígena na Ciranda do Cuidado.


Fonte consultada: https://bit.ly/3qxF7wf


Blog4.png
Blog3.png