Blog5.png

De onde vem a expressão ciranda?

Atualizado: Abr 12


Você sabia que a expressão “ciranda” teria origem na palavra espanhola zaranda, instrumento para peneirar farinha, ou no vocábulo árabe çarand, que significa encadear, enlaçar, tecer uma coisa?


Muitas vezes, denominada dança, canto e também como música, a ciranda tem seus significados a depender da região, da localidade e da época. Há as cirandas litorâneas, as cirandas da zona da mata, a ciranda infantil, a ciranda rural e tantas outras!


Por abranger as inúmeras diferenças, o padre musicólogo Jaime Cavalcanti Diniz caracterizou a ciranda como a mais democrática prática cultural.

Assim, propomos a você, estudante, engajar-se conosco, durante todo este ano, na Ciranda do Cuidado.


Juntos, construiremos um movimento pedagógico-social tendo Jesus como figura central.


Isso mesmo! Na Ciranda do Cuidado, Cristo aparece localizado em meio a todos nós, pessoas entre as quais Ele se movimenta, transformando a história de vida de cada um, os saberes, os ritmos locais, o valor dos sonhos e o talento para converter e gerar vida.


A entrada de cada membro da ciranda é introduzida por uma carta direcionada ao Papa Francisco. Nas 12 cartas, há depoimentos verídicos dos participantes da ciranda, menção a fatos e fenômenos reais, referências a exortações e a encíclicas que o Papa emite a qualquer um que por elas se sinta interpelado(a).

Neste ano, a ciranda é nosso modo de articulação social. Jesus, que sempre participa conosco, é nosso Mestre cirandeiro.

Blog4.png
Blog3.png