Blog5.png

Luca

Na Ciranda do Cuidado, vamos dar as boas-vindas ao pequeno Luca, que vem nos ensinar muito sobre o protagonismo na infância



Um monstro marinho tímido e corajoso ao mesmo tempo: esse é Luca. Acompanhado de seu amigo Alberto, ele explorará o mundo que existe acima da superfície da água. Para isso, Luca e Alberto viverão diversas aventuras em uma incrível jornada de descobrimento e amadurecimento. Quer conhecê-los mais? Então, assista ao novo filme da Disney-Pixar: Luca.


Confira abaixo mais informações sobre a animação:


O novo filme da Disney-Pixar nos presenteou com um convite para passear pelo vilarejo de Cinque Terre, no norte da Itália, onde os protagonistas vivem dias inesquecíveis. Com uma narrativa doce e cheia de texturas, o filme conta a história de Luca, um monstro marinho tímido, porém curioso e entusiasta de novas descobertas. Luca fica fascinado pelos mistérios da superfície até que conhece Alberto e resolve explorar esse novo mundo.


Rapidamente, os dois se tornam melhores amigos e preenchem suas tardes brincando. Mas a diversão é ameaçada por um segredo: ninguém do vilarejo pode descobrir que eles se transformam em monstros marinhos quando entram em contato com a água. A partir dessa metáfora, Luca trata de temas importantes para a infância como a autonomia dos pequenos e a empatia para aceitar as diferenças.


Protagonizado por crianças curiosas e corajosas, o filme possibilita experienciar esses sentimentos intensos em família e nos faz um chamado para o encanto com o cotidiano.


A relação de Luca com seus pais é outro tema abordado pelo filme. Os adultos proíbem Luca de ir à superfície para protegê-lo dos perigos. Contudo, não abrem espaço para um diálogo franco com o filho sobre seus desejos e preocupações. É a partir desse momento que a curiosidade e a desobediência de Luca movem a história.


Com a evolução da relação em família no filme, podemos fazer reflexões bem interessantes: como é possível criar ambientes familiares acolhedores para as diferenças e também para desbravar “um novo mundo” em conjunto? Quais os perigos da superproteção?


Luca nos lembra o tempo todo que as crianças merecem ser olhadas como seres completos, que têm seus próprios sonhos e frustrações. Meninos e meninas precisam ter a oportunidade de falar e serem ouvidos pelos adultos.


Assim que chegam no vilarejo, Luca e Alberto conhecem Giulia, uma garota destemida que deseja vencer a corrida da cidade. Ao perceber que os dois estão com dificuldade para se encaixar, ela convida os garotos a formarem um time: “os excluídos”.


A jornada dos três amigos trata de grandes temas sem precisar nomeá-los: exclusão, preconceito, autoconfiança, diversidade e liberdade. A união dos personagens fortalece a trama do filme de como encontrar segurança para ser quem você é.


Resenha extraída do Portal Lunetas


Confira o trailer de Luca:


Blog4.png
Blog3.png